O roteiro

1ª etapa: Tailândia

Partimos dia 15 de fevereiro de São Paulo e chegamos em Bangkok dia 17. Descemos para o sul e exploramos as praias paradisíacas da Costa Andaman: Ao Nang, Ton Sai e Ko Phi Phi. Depois voltamos para Bangkok onde passamos mais alguns dias antes de ir para Chiang Mai, onde fizemos curso de culinária e aprendemos meditação. Foram exatos 30 dias viajando pela Tailândia, muito bem servidos pelas deliciosas comidinhas.

p.s.: O mapa acima não leva em consideração que chegamos em Bangkok e pegamos um vôo até Ao Nang, o trecho exibido começa em Ao Nang (no sul) até Chiang Mai (norte).

2ª etapa: Laos

O Laos não estava nos planos, mas amigos nos convenceram a ir para lá e acabamos passando duas semanas cruzando o país do norte ao sul. Começamos por Luang Prabang, fizemos uma rápida passagem por Vientiane, a capital, e finalizamos ao sul na paradisíaca ilha Don Det, na chamada região das 4000 ilhas. Cruzamos o Camboja pela fronteira entre Dong Kralor e Dong Kalaw.

3ª etapa: Camboja

Exploramos as ruínas de Angkor durante 3 dias a partir de Siem Reap e seguimos para Phnom Pehn onde conhecemos a triste história do país. De lá fomos para Sihanoukville onde acabamos passando 4 dias jogados na praia. Nosso último stop foi Kampot, uma pacata cidade onde pudemos ficar mais próximos do real Camboja. Foram 2 semanas viajando pelo país.

4ª etapa: Vietnã

Do Camboja partimos para Ho Chi Minh City, no sul do Vietnã onde começamos a nos introduzir na História do país. De lá subimos as montanhas em direção à romântica Dalat para passar frio e descemos para uma esticada rápida nas areias de Nha Trang. Seguimos o trajeto na mais charmosa cidade do Vietnã, Hoi An, e partimos para Hue para uns dias de descanso antes de mergulharmos na frenética Hanói, última parada no Sudeste Asiático. Foram 23 dias no país que eu desejaria transformar em 1 mês!

Última etapa: Hong Kong + Macau + China

De Hanói pegamos um voo que nos levou à incrível e frenética Hong Kong. Uma pausa para matar as saudades do Brasil numa ex-colônia portuguesa, Macau, e enfim, o mergulho na China real: de Hong Kong pegamos um trem para Guangzhou para finalmente pegar um ônibus até a mística Yangshuo. De lá, seguimos para Guilin, ponto estratégico para visitar o Dragon Backbone’s Terraces, os incríveis terraços de arroz em Longsheng.

Uma pequena parada na adorável Dali e na sequência uma grande decepção na super turística Lijiang. Chegamos até a borda do Tibet ao visitarmos a mágica Shangri-la, que embora fique na China tem muito da influência tibetana. Um voo nos levou de lá à Chengdu: não só a cidade dos mais do que fofos pandas, mas também a cidade onde nos deparamos pela primeira vez com os calígrafos e seus pincéis de água. Uma noitada em Leshan para conferir o maior Buda sentado do mundo e estender nossos vistos. Seguimos até Xiaan onde finalmente vimos o assombroso exército de Terracota e nos perdemos nos sabores e cheiros do bairro muçulmano. Em Luoyang vimos as belissimas cavernas de Longmen e fizemos uma visita ao famoso Templo Shaolin. De lá, pegamos um trem para cruzar os muros de Pingyao, a mais bem preservada cidade antiga chinesa. Já em clima de fim de viagem chegamos em Beijing: enfim a Muralha!

Foi 1 semana em Hong Kong, 2 dias em Macau, e o recorde de 45 dias na China!

E depois de tanto noodles… estamos em casa! =)

37 respostas em “O roteiro

  1. Aí tão perto e vão falhar a Birmânia? Não sei qual a situação actual do país, mas vale muito a pena. Se mudarem de ideias posso vos dizer o que mais gostei.boa continuação e não deixem de escrever.

    • Oi Ricardo, na verdade a resposta do George era para a mensagem abaixo que eu tinha esquecido de aprovar…rs.. talvez a gente vá pra birmânia msm, depende se conseguirmos mudar a passagem de volta 😉

  2. Fala galera, se precisar de ajuda aqui em Hong Kong só me dar um toque. +852 98616771, meu nome é George. Boa viagem pra voces!
    Abração

  3. Sorte a minha de ter encontrado esse blog na segunda etapa! Vou acompanhar tudinho Nanzinha…sensacional o roteiro! Destino incrível, grandes experiências, grandes aprendizados, nossa…DEMAIS!! Aproveitem bastante!!

  4. Olá!!
    Conheci o blog de vcs recentemente e adorei os relatos!!!
    Viajar é bom demais e conhecer a Ásia então… fascinante!!
    Fui ano passado para Singapura, Bali e Hong Kong! E, como não podia ser diferente, amei!!!
    Se precisarem de dicas, já escrevi muita coisa lá no meu blog! O endereço é http://www.nosnomundo.com.br
    Vou seguir acompanhando as aventuras de vcs!!!
    Boa viagem!!!
    Bjs, Anna

  5. Gostei do blog! Vou acompanhar a viagem. 🙂
    O Vietnã é fantástico, uma ótima surpresa. (a comida especialmente, também vale a pena fazer uma cooking class por lá).

    Adorei o desenho do header do blog, ficou lindo.

    Boa viagem!

  6. Ola, muito legal a sua trip. estou fazendo uma mega trip nesse momento com a minha namorada, moramos na australia e decidimos jogar tudo pro alto e virmos, nosso roteiro comecou um pouco diferente : fizemos a australia toda primeiro, depois partimos pra indonesia, singapura, malasya ( nao recomendo ) ,agora phuket, amanha bangkok e depois subindo ou melhor : laos, cambodia, ho chi min e iremos finalizar na china la pelo final do junho… Lhe desejo boa sorte na trip e queria te pedir uma recomendacao de acomodacao ai pela china, algo barato e perto da city.

    estamos deixando phuket amanha rumo a bangkok .

    A vida ‘e curta demais ,vamos aproveitar.

    Keep in touch.

    Jorge & Eli .
    jorgermaia@bol.com.br

    se precisar de alguma dica de um pais que eu ja fui e vc nao , por favor me avise.

    • Oi Jorge, muito legal! Por onde vocês entram na China? No final de junho estaremos em Pequim, quem sabe não nos encontramos. =)

      Bem, aqui na China estamos nos hospedando praticamente apenas em Hi Hostel já que o staff fala inglês e isso ajuda MUITO!!! Os quartos não são muito baratos, estamos pagando uma média de $15 por um double room. Claro que se ficar nos dorms é mais barato ou se ficar em hotéis chineses, mas o o problema é que a comunicação pode ser muito difícil na hora de perguntar sobre como se chega a a algum lugar, por exemplo. Todos os hostels que ficamos são bons e bem localizados, sendo esses os que ficamos:

      Guilin > Ming Palace (o melhor hostel que já fiquei na minha vida)
      Kunming > Cloudland (pegamos um dorm porque só passamos uma noite aqui, era legal)
      Dali > Friends Guesthouse
      Lijiang > Panba Hostel
      Shangrila > N´s Kitchen & Lodge (o quarto é meio escuro mas não está mal)

      em Yangshuo tivemos um problema muito chato por problemas de comunicação (não era Hi Hostel), portanto não vou indicar o lugar que ficamos.

      Bem, por enquanto é isso, ainda temos mais 1 mês para viajar por aqui…

      Boa viagem, meninos =)

  7. Amigos, parabéns pelos relatos! Eu vou começar no final do ano uma viagem ao redor do mundo e vou chegar ao sudeste asiático via India. Nesses países que vcs passaram, como foi o lance dos vistos? Se não me engano, China e Vietna exigem a retirada no Brasil, não? e aquele lance de pedir as passagens de saída do país? Eu também não vou tê-las, pois quero fazer uma viagem meio “zen” e comprar as passagens de saída quando já estiver no país… Enfim, como vcs levaram isso?
    Abraços!

    • Oi André, seguinte… Os vistos para China e Vietnã podem ser tirados em trânsito, o que eu acho mais fácil do que tirar no Brasil.Para o visto vietnamita ser tirado no Brasil, você precisa enviar seu passaporte para a embaixada que fica em Brasília se não me engano… muito trabalho, né? Um amigo tirou o visto da China no Rio e disse que foi um inferno, ele teve que comprar todas as passagens com antecedência e reservar todos os hotéis antes de chegar lá. Nós tiramos o visto do Vietnã no Camboja e o da China em Hong Kong, foi ridículo, muito fácil e rápido! Quanto às passagens de volta, nunca pediram para nós! Caso pedirem – o que acho muito improvável acontecer – você explica sua situação e diz que vai sair do país por terra, por exemplo, sem crise!

      bjos e boa jornada!!! =)

  8. Que joia, muito obrigado! Recebi uma resposta do consulado da India hoje cedo de que eu posso tirá-lo na Turquia também. E como esse país não exige vistos antecipados, posso começar a viagem sem tirar visto nenhum aqui no Brasil. Um trabalho a menos!

    O visto da China penso em tirar em Kathmandu, no Nepal (a princípio só vou conhecer o Tibete, via terrestre). Estava lendo um relato ontem e parece que existe essa possibilidade. Porém esse relato era meio fraco. Vc conhece alguém que fez essa travessia para eu trocar ideias?

    Obrigado! 🙂

    • Então André… dá uma olhada nesse site que ele dá umas dicas sobre como tirar os vistos para cada país:
      http://vistoparatodos.blogspot.com.br/
      Se você tirar o visto da China no Nepal e passar pelo Tibet antes da China, seu visto chinês será automaticamente cancelado. Na época em que estávamos na China (ou seja, há duas semanas atrás) a regra para entrar no Tibet era: Você precisa montar um grupo com pelo menos 5 pessoas da mesma nacionalidade. Não sei se você sabe, mas para entrar no Tibet é necessário uma permissão especial concedida pela China, e vira e mexe eles mudam as regras a respeito disso. Você vai ter que ficar de olho nisso e já preparar uma rota alternativa caso não consiga entrar no Tibet.

    • Hugo, infelizmente não dou dicas desse tipo porque cada pessoa espera alguma coisa de algum lugar, as expectativas são diferentes… você pode ler meu relato sobre Sihanoukville e decidir se tem a ver com você ou não! =) beijos!!!

  9. Ana, tudo bem?
    Gostei muito do blog, das dicas e das ilustrações!
    Vou fazer uma viagem pra China de 30 dias no fim do ano, chegaremos por Beijing e voltaremos por Hong Kong e ainda não conseguimos decidir quais lugares conhecer, pq o tempo e a vontade é muita, não queremos perder nada! rs…
    Onde vc acha que é imperdível? Vcs viajaram mais de trem? Vale a pena?
    Desde já, obrigada!

    • Oi lauren, tudo bem? Prefiro não dar dicas de lugares imperdíveis porque gosto é muito pessoal, então você pode ler os posts sobre a China e ver quais lugares você se identifica mais… quanto ao transporte, nós praticamente só viajamos de trem por lá, na categoria hard sleep, as camas são bem confortáveis e é uma experiência cultural que vale a pena, sem dúvidas! Boa viagem! =)

  10. Olá!

    Pretendo em JULHO fazer CINGAPURA (5 dias) – MALÁSIA (2 dias) – TAILÂNDIA (5 dias) – VIETNAM (3 ou 4 dias) Os dias são apenas especulações, podem sofrer alteração.

    Sei que Julho caí no período de Monções, e mesmo não sendo o mês mais chuvoso estou com um pouco de receio de ir para a TAILÂNDIA e VIETNAM nesse período.

    Gostaria de saber, principalmente se algum amigo aqui do blog já tenha ido nessa época, se as chuvas podem atrapalhar definitivamente a viagem, impossibilitando passeios e atividades.

    Desde já agradeço!

    • Oi Mateus, tudo bem? Coloque seu roteiro também no site do Mochileiros, acho mais fácil aparecer alguém para responder lá do que alguém responder aqui (já que a maioria dos leitores do blog ainda vai viajar).

      bjos!

  11. Olá !
    primeiro queria te parabenizar pela viagem e pelo excelente blog que me deixou cada vez com mais vontade de conhecer essa região do planeta. Estou planejando uma viagem para ir em Dezembro para a Tailândia. Pelo visto, terei um pouco mais do que 6 semanas, 47 dias para ser mais exato. Tinha pensado em ficar 3 semanas na Tailândia, e uns 10 dias no Laos e mais uns 10 no Laos, porém gostaria de ir também ao Vietnam ou à Indonésia, você acha que daria ou ficaria muito corrido. E uma última coisa, a respeito da passagem, o mais barato que encontrei foi US$2.000 (Guarulhos – Bangkok) pela Ethiopian, esse é o preço mesmo, ou acha que consigo mais em conta? Abraço

  12. Olá, Seu blog está muito bom. Gostaria de saber a sua opnião sobre alugar carro pra fazer Vietnan, Cambodja e Laos. Como vocês fizeram este percurso

  13. Olá. Tenho como paixões viajar e fotografia e a cada viagem aprendo mais. Estou planejando uma viagem de cerca de 5 meses, começando agora dia 5 de fevereiro de 2014. O sudeste asiático está nos meus planos: Tailandia, Laos, Camboja e Vietnã. O seu blog tem sido de grande ajuda no planejamento da viagem. Estarei relatando depois no meu blog como foi será essa experiência de 5 meses viajando sózinha por aí, ou quem sabe aproveito e estico mais. É tanto lugar lindo no mundo que dá vontade de conhecer.
    Continuem viajando e compartilhando suas experiência pra ajudar novos viajantes como eu,

  14. Olá, obrigada por compartir experiência e informações. Estou pensando em ficar 40 dias – final de dezembro e início de fevereiro – entre Vietnam, Camboja e Laos. A Tailância, pela atual situação política, vai ficar para a próxima. Como foi para se comunicar nestes países?

  15. Bom dia!
    Estou planejando visitar o meu sogro em Chengdu em agosto do próximo ano e gostaria de ter dicas sobre a cidade e a região. Gostaria de visitar a Grande Muralha e talvez passar alguns dias na Tailândia. Meu tempo não será muito longo (cerca de 20 dias) e não estou achando muitas informações realmente boas para começar a planejar.
    Se vocês puderem me ajudar, ficaria imensamente grata!
    Um abraço!

  16. Ola, primeiramente gostaria de agradecer pelo site e de dividir toda a sua experiencia conosco durante sua trip na Asia.
    Estou programando uma trip pela Asia em junho/julho e gostaria de te perguntar algo: minha budget sera de mais ou menos 1500 EUROS para gastar na Asia (para o dia a dia la) e gostaria de ficar uns 45 dias por la. Gostaria de conhecer a Tailandia, Cambodge e Laos (3 dias em Singapura) e gostaria de saber de vc (por favor me ajude) se eu deveria incluir Vietnam, pois ouvi dizer que rola uma anarquia com turistas, e que nao se faz nada sem passar por agencias ou hotel. Ou trocar Laos por Vietnam…. tempo eu tenho, poderia ficar até mais tempo, mas nao terei mais q essa budget…. Muitissimo obrigada

  17. Olá, boa noite! Estou planejando com minha namorada uma viagem pela Tailandia + Camboja + Viatnema. Obrigado pelas ótimas dicas! Ainda temos 5 meses para viajar, mas estamos tão ansiosos quanto você estava antes de fazer a sua. Pela que teremos apenas 20 dias, portanto nosso desafio será otimizar as coisas ao máximo. Será que você pode enviar o roteiro em execel com os passeios que mais gostou?

    • Bruno, beleza? Está pensando em viajar para lá quando? Estou me programando mais uns amigos para viajarmos à Ásia no ano que vem (2016), no mês de novembro. Se estiver indo por esse período, avisa aí. Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s