Comendo Chiang Mai

Olá pessoal! Andamos sumidos mas estamos em Chiang Mai no momento e está realmente difícil conseguir escrever no blog… muita coisa pra fazer aqui, gente nova o tempo todo… logo mais vai completar 1 semana que chegamos e ainda não deu tempo de escrever nada. Também não sabemos ao certo quando sair daqui. Vamos começar pelas comidinhas incríveis que temos devorado por aqui.

Primeiro devo dizer que estou realmente impressionada com os preços aqui. Hospedagem por R$ 5,00 e comida boa pelo incrível preço de R$ 0,50. Como dizem por aí, a vida é muito curta para aprender alemão, mas eu trocaria esse ditado por a vida é muito curta para provar toda a comida tailandesa. Preparem seus hashis! (putz… piadas ruins: a gente vê por aqui! rs…)

R$ 0,50
Esse é o preço que você pagará para apreciar um Jasmine Rice. Foi o primeiro almoço que tive aqui e tive que repetir no dia seguinte!

R$ 1,00

R$ 2,00

R$ 2,20
R$ 2,50
E agora… o prato mais caro do mundo custando o absurdo R$ 3,30! O tempurá udon do Rô, não é tailandes, masss… aqui está:
Dias desses estávamos num templo quando vimos uma plaquinha onde estava escrito: “Coma para viver, não viva para comer.” Tem que ver isso aí hein! Amanhã estamos indo fazer um “retiro” de dois dias para aprender meditação, voltamos em breve com mais notícias frescas diretamente do norte da Tailândia! 😉

Anúncios

Comidinhas tailandesas (parte 1)

Afinal, quanto custa comer na Tailândia? Quando eu digo que eu e o Rômolo gastamos em média R$ 3,00 cada um num almoço, vocês devem pensar: “Ihhh… deve ser um dogão podre!”. Finalmente um post que vai mostrar a vocês o que se come e quanto se paga! Aliás, resolvi criar essa série nova no blog e a partir de hoje vou tentar anotar o preço exato do que comemos e os nomes dos lugares. Olha… dificilmente você vai errar na hora de pedir qualquer prato em qualquer lugar, os caras realmente sabem o que faz! As vezes em que não apreciamos tanto a comida foi quando estava MUITO apimentado! Até o Rômolo que ama pimenta já perdeu a batalha duas vezes na mesa. Se você é como eu, que odeia pimenta, lembre-se sempre de dizer antes: NO SPICY, PLEASE! Geralmente no cardápio vem escrito se o prato é apimentado ou não, mas eu já fui lograda umas 5 vezes pelo menu. Nos lugares turísticos é muito comum as barraquinhas e restaurantes terem as descrições em inglês com fotos. Hora de sentar na mesa e pedir a conta!

De R$ 2,50 a R$ 3,00 você come…

Fried rice
Sempre que estou em dúvida, sempre que estou enjoada de sopa e de noodles vou nesse arroz, é um clássico. Fritar o arroz com pedaços de ovos, legumes e ervas com certeza é algo que estará na minha Cozinha 2012. Você pode escolher o acompanhamento, porco, frango, frutos do mar… Eu geralmente vou de camarão. Mas não espere esbanjamentos, não vem mais que 3 ou 4 camarões por exemplo.

Fishballs Soup
As tais fishballs são uma espécie de massinha de peixe em forma de bolinhas, sei lá como os caras fazem isso, mas é muito bom. Aliás, vou parar de ficar repetindo que é bom ou delicioso porque vai banalizar e vocês já sabem que tudo aqui é bom!

Pad Thai
Como assim, não tenho uma foto de um pad thai??? O pad thai é o prato número 1 da Tailândia e possivelmente a primeira coisa com a qual vai dar de cara quando chegar aqui. Resumindo, o pad thai é um noodles a sua escolha (há muitos tipos de noodles aqui e geralmente as barraquinhas dão 4 opções), geralmente frito, e misturado com vegetais e alguma carne da sua escolha, como frango, camarão ou porco por exemplo. Haja óleo!

Outras comidinhas que você come nas barraquinhas e feirinhas por 3 pilas:


Meninos, se vocês acham que vem pouca comida, só quero que lembrar que nesse calor úmido de 30 graus fica díficil descer mais coisas do que isso…rs…

Café da manhã
A menos que você seja dos fortes, vai querer encarar o café da manhã tailandês que de café não tem nada… Os caras simplesmente batem um puta prato pela manhã, como se fosse um primeiro almoço, toda hora é hora! Se quiser pode conferir no cardápio e as opções serão do tipo: Arroz branco com frango ou noodles com porco. Nesse aspecto eu e Rômolo vamos com o clássico do ocidente: Torradas, manteiguinha e ovos fritos, mexidos ou omelete, você escolhe. Paga-se não mais que R$ 2,00 por esse básico. Um suco de fruta para acompanhar, custa em média R$ 2,50.
Outra ótima opção para o café da manhã, são as deliciosas panquecas tailandesas. Dependendo do sabor o preço vai de R$ 1,50 a R$ 4,00. A minha preferida era a de presunto e queijo.
Só custa isso??? Sim, é verdade a lenda da comida BBB tailandesa (boa, bonita e barata…rs). Mas vou dizer que quando queríamos luxar, pedíamos esses pratos “mais caros:

Frutos do mar ao leite de côco: R$ 10,00
Cidade: Ao Nang
Esse está no nosso top comidas da viagem! Aí quando você lembra que esse é o preço de um PF em São Paulo dá vontade de chorar…

Churrasco de peixe + carangueijo + ostras: R$ 20,00 (para dois!)
Cidade: Ko Phi Phi
Pode ter certeza, para qualquer praia que você for na Tailândia vai encontrar isso:
Frutos do mar expostos na bancada. Você escolhe o que quer comer e os caras assam na brasa, na hora! De morrer, né? As vezes já tem os pratos montados com um preço fixo. Como por exemplo esses dois pratos que custavam R$ 20,00 cada:
Pegamos o da direita que virou isso:
Não chegamos a comer lagostas (AINDA… rs) mas cotamos o preço e paga-se uns R$27,00 em cada uma.

Agora… nossa última noite em Ko Phi Phi resolvemos chutar o pau da barraca: “Foda-se, vamos gastar!”. Fomos num restaurante caro, na beira da praia. Pedimos um carangueijo cada um, que veio num molho maravilhoso, mais duas porções de arroz, mais dois sucos e pagamos R$ 15,00 cada pessoa! Eu sei, parece história de pescador né? E como não sobrou foto para contar a história vocês vão ter que acreditar em mim…rs… A saga na mesa continua em outros posts! 😉