Lijiang: a Disney da China

Lijiang é linda, possivelmente uma das cidades mais bonitas que já visitei na vida. Quem me dera só eu pensar assim, já que assim concordam comigo as cerca de 5 milhões de pessoas que visitam a cidade anualmente. Dividindo isso por um ano, dá uma média de quase 14.000 pessoas por dia. É assustador.

Sério, não tenho nada contra cidades turísticas, uma das minhas preferidas, Hoi An no Vietnã, era cheia de turistas, mas Lijiang… Fomos para lá pensando passar uns 4 dias e não aguentamos, depois da segunda noite resolvemos sair rapidinho de lá.

Repito: a cidade é linda! Becos charmosos, canais trespassando a cidade, pontes “antigas”…

Ei, não se deixem enganar pelas nossas fotos! Foi pura sorte encontrar esses momentos vazios de Lijiang!

…e lojas e mais lojas de souvenir, KFC e Pizza Hut. A chuva mole que não parava, estava impossível andar nas ruas com aquele monte de gente e de guarda-chuvas.

Posso continuar sendo reclamona? Lijiang é tão bonita que parece fake. Aliás, parece não: é totalmente fake. A minha impressão é de que eu estava andando num parque temático chinês, numa daquelas vilinhas montadas do Hopi Hari. Isso é um problema muito sério da China os caras estão destruindo o país inteiro com essa ânsia de se modernizar o mais rápido possível, e o que é antigo e ainda está de pé é por conta do turismo. Isso quando eles não destroem o que é antigo para reconstruir no lugar algo que pareça mais antigo e bonito. As vezes passávamos por algum lugar e brincávamos: “Olha, eles estão construindo uma nova cidade antiga!”. É engraçado que quando começamos a viagem tínhamos uma imagem do país que ao final da viagem mudou totalmente. País comunista? Aham! O Brasil deve ser mais comunista que a China, nunca estive em um lugar tão capitalista! Leiam esse artigo muito esclarecedor do Vista Chinesa da Folha de São Paulo: O passado chinês não é mais como era antigamente.

Chega de reclamar? Lijiang é base dos Naxi, uma das minoria étnicas na China, o último povo que ainda usa hieróglifos para sua linguagem escrita. Absurdamente bonito. E mais fácil do que os caracteres chineses, não?
Aconteceu uma coisa muito bizarra lá. Eu e o Rô estávamos andando na rua imaginando como seria o mundo se a língua universal fosse o português. Ficamos imaginando como seria conversar com alguém que não tivesse o português como a língua nativa, como teríamos que falar mais devagar para a pessoa conseguir nos entender direito. Não deu 10 minutos escutamos alguém perguntando: Vocês são brasileiros? – cara, era um chinês! Ele tinha morado por 1 ano em Porto Alegre e falava português tão bem que se ele não tivesse falado eu teria achado que o menino era brasileiro. Até usava umas gírias, falando “tipo”. Fiquei chocada. Ele disse que havia aprendido português porque era mais fácil encontrar empregos que pagassem bem (me conta aonde!). Daí combinamos de nos encontrar na frente do moinho à noite, ele disse que tinha mais duas amigas chinesas que falavam português. E para encontrar ele à noite com aqueles mil chineses na frente do Moinho? Impossível! Ah, amei o nome brasileiro escolhido por ele: Kaká!

Comer barato em Lijiang é uma tarefa difícil, só dar uma andadinha para fora da Old Town que você encontra aquelas deliciosas cestinhas com 10 dumplings por 5yuans. Nos hospedamos no Panba Hostel, uma graça, pagando 120yuans pelo quarto duplo. Ele fica bem distante daquela bagunça do centro velho, mas uns 5 minutos andando e você já cai de novo dentro da muvuca.

Lijiang, você é linda, mas…. Beleza não põe mesa!

Pois é… no fim as lembranças que ficaram de Lijiang foram os turistas!

Desenhos do Incrível Caderno de Viagens do Rômolo. (clique na imagem para ver detalhes)
_____________
DICAS:

De Dali para Lijiang foram cerca de 4h, pagamos 50yuans e compramos o bilhete no Panba Hostel mesmo. Ao chegar em Lijiang o ônibus vai te deixar na Estação de Ônibus na parte nova da cidade. Pegue o ônibus número 11 bem em frente à estação para chegar à Old Town.

Como fico com peso na consciência de falar mal das cidades… aqui vai um post com uma imagem positiva de Lijiang do blog amigo Viagem Afora!

Anúncios