E a rotina?

Passar por 5 cidades em 2 semanas não pode ser saudável. Assim aconteceu no Vietnã e após 2 meses e meio viajando as baterias descarregaram. Mas não acabaram. De modo algum significa que quero voltar para casa agora. Meu coração ainda bate forte quando penso nas viagens de caminhão pela África, nas casinhas brancas da Grécia, nas cerejeiras em flor do Japão ou até nos papéis de origami que eu gostaria de comprar para meu pai na Coréia do Sul. Tem muito mundo aí fora esperando por mim. Mas… pelo momento… temos que recarregar as baterias, e isso significa pegar menos estrada, diminuir o ritmo. Aliás, não estamos de férias, estamos vivendo. De férias você quer fazer mil coisas ao mesmo tempo, visitar todas as atrações, andar, andar, andar… e não é assim que funciona numa viagem longa. A verdade é dura: viajar não enjoa, mas cansa.

Sinto falta da minha família, dos amigos, da comida, de falar português numa mesa de bar, mas não sinto falta de estar num trabalho que eu odiava. Ter várias “casas” em diversos países me encanta, poder comer comidas que nunca vi, a doçura de pessoas boas que conhecemos ao longo da estrada. Conhecemos pessoas muito interessantes. Conversamos sobre a Guerra do Vietnã com um vietnamita veterano de guerra, conhecemos mais sobre o judaísmo conversando com o nosso amigo israelense Lior, sobre as manias loucas dos americanos com o Jonathan, sentimos o frio de Aberdeen com a Kelly e o gosto dos kebabs da Turquia com o Onder. Viajar não é somente conhecer os países pelos quais passamos mas também sentir o gosto de outros que ainda não estivemos. Viajar é muito louco e altamente recomendável. Viajar bagunça sua cabeça numa bagunça saudável.

Eu já sinto, dentro de mim, que algo mudou. Não sei muito bem o que é, não entendo ainda, mas sei que é bom. Sinto que vivi nesses últimos 2 meses e meio uma experiência que de outra forma teria me tomado alguns anos. Meus conceitos mudaram, minha mente se abriu, meu paladar se expandiu, minhas relações com as pessoas, meus preconceitos, meus gostos… Tudo mudou. Espero que isso seja só o começo.

Baterias recarregando…

Anúncios

8 respostas em “E a rotina?

  1. Nã,
    cheguei no seu blog através do google digitando algo como “mochileiro asia”, pois esse é meu provável próximo destino…fevereiro de 2013. Acompanho seu blog desde o começo e fico ansiosa para novos posts!!

    Blog de viagem, pessoas dando volta ao mundo existe de monte, leio vários relatos, me ajudam muito, mas nenhum mexeu tanto comigo quanto o seu. A sua maneira de escrever é especial, emocionante. É engraçado como mesmo não conhecendo vocês, consigo me identificar tanto e me sinto tão próxima!! Sou uma apaixonada por viajar e não para poder dizer, fui lá, vi isso, etc., mas por experimentar novas culturas, me sentir diferente após cada viagem. Acredita que as minhas senhas sempre tem algum país no meio? Só me dei conta há pouco tempo. rsrsrs

    Coragem é uma das características que mais admiro e a de vocês dois é incrível. Vou sentir falta quando a jornada de vocês acabar. Pode tratar de pensar num novo destino e continuar com o blog. rsrsrrs

    bjs – Eu também tenho um sonho…

    • Querida Andrea:

      Fiquei realmente emocionada com o seu comentário 🙂
      Fiz o blog sem maiores pretensões e é gratificante saber que há pessoas como você que o acompanham com tanto carinho. Enquanto o blog puder inspirar ficarei feliz! Quem sabe não nos encontramos um dia quando voltarmos para o Brasil, né? De que cidade você é?

      Bjinhosss
      nã =)

  2. Nã,
    adoraria encontrar vocês quando voltarem e ouvir ainda mais histórias incríveis!! Sou de SP capital. Você consegue ver meu e-mail?
    Estou usando seu blog para inspirar e tentar convencer um casal de amigos a irem juntos comigo. Estou quase conseguindo. : )
    bjs

  3. Nã, que texto massa.
    É treta cansar, né? To nesse momento aí, recarregando as baterias com a diminuição do ritmo. Passei 10 dias em Montevideo e 8 em Buenos Aires. Fez um bem da porra no fim das contas. Acho que estou encontrando outra freqüência pra viagem e definitivamente muitas coisas já mudaram em mim, no meu corpo, na minha maneira de ver as coisas. Só pra ficar no tema ambiental, já foi um câmbio brutal na maneira de pensar. E eu não tinha nenhum projeto relacionado com isso na hora de sair.
    Espero que a bagunça seja cada vez maior e que as baterias não faltem.

    Abração.

  4. Nã, quanto tempo!!! (do jeito que escrevo parece que nos conhecemos pessoalmente, né? rsrsr).

    Voltei para escrever que as minhas férias de fevereiro desse ano foram adiadas para fevereiro de 2014, mas por um bom motivo…convenci meus amigos a irem juntos. Bem, nem foi tão difícil assim, rsrsr

    Como serão “apenas” 30 dias de férias + carnaval, iremos fazer Tailândia, Camboja e Vietnã. Somos 3 meninas e 2 meninos e cada menina ficou encarregada de “estudar” um dos países…os meninos são mais preguiçosos. Fiquei com a Tailândia e voltar a ler seu blog é no mínimo inspirador. Como eu já disse, você traz a leveza do seu coração para cada post e me faz apaixonar por lugares que ainda nem conheci!!

    Todos já estão viciados no blog e se o convite ainda estiver de pé, adoraríamos ouvir tantas histórias tomando uma cerveja. = )

    bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s