Ao Nang: entre macacos e peixinhos

Estava em Ao Nang caçando uma sombra para ficar quando de repente vi um macaco correndo no meio das árvores na praia. Chamei o Ro. Achei que era só um macaquinho, de repente…
Embora a placa diga que é proibido alimentar os macacos, o pessoal não dá muita bola. Os macacos puxam o calção das pessoas, sobem no seu joelho, sentam na sua canga… Não tente abrir sua mochila perto deles, o Ro foi tentar comer um biscoito que estava guardado e olha o que aconteceu:
Os macacos são uma graça, passamos a manhã esticados na areia observando eles.
À noite eu resolvi fazer uma coisa que eu já queria fazia muito tempo… Desde Bangkok eu já estava de olho, mas foi em Ao Nang que resolvi botar meu pé de comida pra pexaiada.
É uma sensação bizarra, pra não dizer indescritível. Nos primeiros minutos eu não conseguia parar de rir e achei que não ia conseguir ficar os 15 minutos com os pés mergulhados no aquário… Dá muita agonia, às vezes eles pegam em algum ponto que faz você sentir um choquinho em outra parte do corpo.
Essa foi a nossa estadia em Ao Nang. No dia seguinte pegamos um barco rumo à Tonsai… assim como em Bangkok eu também senti um aperto no coração de estar deixando essa cidade tão boa… e claro, sempre dá aquele medinho bom de não saber o que vem pela frente, principalmente porque eu e o Rômolo não reservamos antes onde vamos ficar, chegamos perdidos na cidade e vemos o que vai acontecer. Chegamos em Tonsai com planos de ficar uma noite pelo menos, mas nós mal sabíamos o que íamos encontrar pela frente e como isso ia mudar nossa viagem…

________
Onde nos hospedamos:
Em Ao Nang ficamos no Easy Room, um hotel na avenida principal. Pagamos 800 bahts no quarto de casal sem café da manhã. O quarto era bem gostoso, todo envidraçado e tem as cortinas para você puxar pra não ficar lá peladão dando sopa pros outros hóspedes. Ficava a cerca de 5min da praia. Pontos negativos: O hotel não tinha uma área para fazer social, era só um quarto mesmo… e o banheiro não tinha ventilação nenhuma. =/

Anúncios

3 respostas em “Ao Nang: entre macacos e peixinhos

    • Oi Ariel, tudo bem? Para converter por dólar basta dividir os bahts por 36… vai ver que é muito barato aqui! Estamos pagando uma média de 20dólares no quarto para casal! E sim… nos viramos em inglês, sem inglês fica bem dificil viajar por aqui… bjosss =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s