Sihanoukville: praia no Camboja?

Para quem nunca imaginou que ia para o Camboja pegar uma praia… Nada mal!

Viemos para Sihanoukville no sul do Camboja apenas para passar uma noite e tirar o visto para o Vietnã, depois seguiríamos para Koh Rong, uma ilha que fica há duas horas do pier de Sihanoukville. Acabou que no final ficamos enrolando… ninguém tomava a iniciativa de ir embora e acabamos passando 4 noites em Sihanoukville. Sihanoukville é um lugar para quem está afim de muita festa e de beber, mas nós ficamos bem tranquilos lá, jogando baralho a noite com os amigos, indo para a praia, tomando breja, meio que de férias.
Nós ficamos na Monkey Republic, acho que o melhor hostel que já ficamos em termos de conjunto. Bangalôs a partir de $3 (quarto compartilhado), os funcionários são super amáveis e simpáticos e o ambiente é tão bom que mesmo a comida sendo cara acabávamos comendo lá. Eles se preocupam com tudo, problemas sociais e ambientais por exemplo. Você pode encher sua garrafa de 1l com água potável por apenas $0.25 para evitar o desperdício de plástico e também pode doar roupas velhas que vão para a caridade. Aproveitei para esvaziar ainda mais minha mochila que já é vazia e doei uma calça branca que usei na meditação.

Ficamos na Serendipity Beach que é meio que a praia dos mochileiros, a praia não estava tão lotada, tem várias tendas mas estavam bem vazias… talvez seja a baixa temporada, porque imagino que em janeiro deve bombar lá… A praia é bem gostosa, água limpa, areia branca mas não tem sombras naturais.

Se você ficar na área da Serendipity Beach, tem um food market muito bom perto do monumento Golden Lions onde você pode tomar uma sopa por $1.25 ou comer um delicioso amok por apenas $2.20.

Saímos apenas um dia para visitar outras duas praias: a Ochheuteal e a Otres Beach. Se você barganhar bem com os tuktuks, eles te levam para a Otres Beach por $1 por pessoa (estávamos em 3) mas resolvemos nós mesmos ir andando 4km sob sol de rachar o coco… Outra opção mais agradável é alugar uma bicicleta e conhecer as outras praias. Andar nem sempre é a opção mais confortável, mas as vezes é a que vai te proporcionar um delicioso encontro com uma banana frita no meio do caminho…
…ou com um bando de vacas andando na praia num momento surrealista:
A Serendipity Beach nada mais é do que o final da Ochheuteal Beach. A Occheuteal tem uma parte bem movimentada onde vi de longe algumas barraquinhas, mas nem chegamos a ir lá. Ficamos no começo da praia que é praticamente deserto, a não ser por um alguns locais que estavam fazendo picnic.
Enfim… O começo da Ochheuteal Beach é maravilhoso, areia branquinha, água limpa… mas confesso que não entrei no mar, impressionantemente quente. Parece que estão te cozinhando numa panela, não consegui ficar mais que 10 minutos, não é exagero!

Depois fizemos mais uma caminhadinha rápida e chegamos na Otres Beach. A Otres Beach é a praia menos contaminada pelo turismo, vamos dizer… mais deserta e na minha opinião, a mais bonita. Vocês sabem, para mim praia boa tem sombra natural, e logo na entrada da Otres Beach tem várias árvores e umas pedras para ficar embaixo.
Estávamos lá, Rômolo, Kelly e eu deitados na areia esticados quando apareceram uns moleques bem pequenininhos, catando umas latinhas… confesso que fiquei meio desconfiada, até puxei a bolsa para mais perto. A Kelly resolveu entrar no mar e não é que os meninos largaram as latinhas e foram entrar lá na água, se penduraram no pescoço dela e ficamos a tarde inteira brincando com eles, pareciam uns diabinhos pulando na água.
E eles pulavam pelas pedras uma agilidade que dificilmente uma criança ocidental conseguiria imitar.
Bem, no fim os meninos só queriam se divertir mesmo, dar um tempo do trabalho de catar as latinhas. Pela minha experiência em São Paulo é óbvio que eu fiquei desconfiada… não dá para confiar em todo mundo, mas me doeu no coração ver que apesar deles estarem “trabalhando” e terem as expressões tão adultas, continuavam crianças e só queriam brincar um pouco.

Aliás… aconteceu um outro episódio muito chato lá na Monkey Republic. Um menino bem pequenininho se esgueirou pelas mesas e roubou um celular de um hóspede. Eu nem me liguei, tava na maior inocência fazendo graça pro moleque… e quando vimos o celular tinha desaparecido. É, tem que ficar com o pé atrás mesmo…

No último dia em Sihanoukville o tempo fechou… choveu na hora do almoço e ficou nublado o resto do dia. Assim desistimos de ir para Koh Rong e resolvemos partir para a nossa última parada no Camboja: Kampot. Conto mais no próximo post como foi passar o Ano Novo cambojano lá! ;)

Pôr do Sol em Serendipity Beach

About these ads

Um comentário sobre “Sihanoukville: praia no Camboja?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s